quinta-feira, 25 de março de 2010

Daniel Boone




Fess Parker.
Televisão ligada, e vejo a notícia do felecimento de Fess Parker, de início não lembrei quem era, apenas um ator americano que deixou a vida terrena aos 85 anos. Mas o jornal continuou e citou vários trabalhos seus. Quando ouví as palavras DANIEL BOONE, uma multidão de pensamentos e lembranças desfilaram em minha cabeça. Estavam lá, porém adormecidas há muitos anos.
Anos setenta, aqui em P. Carneiro, poucos tinham o tão sonhado televisor em casa, e a maioria da população via TV na praça. Preto e branco, muito chuvisco, som de ótima qualidade, (algumas vezes por semana). A felicidade era evidente na garotada, ao se reunirem na praça para ver o seriado preferido. Aos poucos as casas foram sendo equipadas com o tão sonhado "bem de consumo" e hoje já não é emocionante ver TV. Temos vários canais disponíveis com programação variada, imagem de excelente qualidade, a cores, mas a sensação de conquista já não existe mais. Sentí saudades daquela época de sonhos, quando ficavamos na praça olhando o horizonte (nascente), se a chuva nos permitiria ver o tão esperado filme.
Os seriados da época: Viagem ao Fundo do Mar; Terra de Gigantes; Perdidos no Espaço; Túnel do Tempo; Tarzan; Jim das Selvas; E muitos outros de igual sucesso. Mas DANIEL BOONE, sempre foi meu preferido.
Fess Parker, morreu de causa natural em 18 de março em sua casa (Santa Ynez), 200 Km a noroeste de Los Angeles, perto de Santa Barbara (Califórnia).
Fess era empresário e viticultor, e já não exercia a profissão de ator, que tão bem desenvolveu durante alguns anos. Fica a lembrança e as saudades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário