quinta-feira, 18 de março de 2010

MUITO extlânio, O MUNDO.

Viver é uma sensação maravilhosa, tentar entender o mundo nos dar uma sensação de constante confusão. Explico: Acompanhando os noticiosos nos mais diversos meios de comunicação, ví ( só essa semana) fatos interessantissimos, porém confusos - bem cedo ouvi na TV, que um cidadão não brasileiro, foi preso e será extraditado do Brasil, porque estava namorando uma garota de 15 (quinze anos), o mesmo será acusado de pedofilia. Fiquei preocupado, descobri que já cometi o mesmo crime, pois minha atual companheira, quando conheceu-me só tinha 14 (catorze anos), e com essa idade começamos um namoro que até hoje tem se prolongado, e espero que o crime de namorar alguém de quinze anos já esteja prescrito para mim.
O segundo fato aconteceu em Jundiaí-SP, uma Senhora-guarda municipal usou de toda força que dispunha para arrancar uma criança dos braços da mãe, acredito que o cumprimento da ordem judicial foi traumatizante para a criança que se pretendia protejer.
O governador do Rio, Sérgio Cabral, será indicado para o Oscar de melhor ator, pois o mesmo interpretou muito bem um cidadão em plena dificuldade financeira, quando diante das cameras chorou, porque o Rio pode "perder" parte da fortuna que recebe pela exploração do petróleo em seu "território" maritimo.
Na TV Camara e TV Senado, os shows são constantes. É bonito ver os Deputados e Senadores do DEM e PSDB, falando de decência e responsabilidade, bem como patriotismo. As declarações de amor ao povo que há alguns anos eles nem olhavam e nem se preocupavam. Quando saíram privatizando tudo, inclusive a Vale do Rio Doce, (negócio suspeito que até hoje não ficou claro porque aquele preço promocional). Nunca entendí como um administrador vende todo patrimonio e continua com dívidas maiores que a encontrada no início de sua administração. Gostaria muito de perguntar ao dignissimo Sr. FHC.
No Rio, um professor jogou um apagador de espuma em uma aluna e foi para a delegacia, (a delegada disse que, ele poderia pegar até dois anos de prisão). Será que estou no mesmo país, onde uma professora foi agredida dia desses e nada aconteceu, não houve nenhuma manifestação da mídia e menos declarção de delegada dizendo que a aluna... No mesmo jornal uma senhora chora porque sua filha de doze anos foi agredida por um grupo de adolescentes que não podem ir para a delegacia e muito menos serem impedidas de se comportarem mal, pois ainda não teem idade da razão. (não sabem o que fazem), já podem votar, podem dirigir, mas são iniputáveis, pois são crianças. Talvez ao chegar a maioridade sejam consideradas (putaveias) culpadas pelos seus atos.
Aqui em meu querido Ceará, um cidadão foi preso, porque falou um pouquinho mais alto com uma "autoridade" e portava uma faca velha em seu bornal, embora um vizinho seu que atirou na rua, continue solto e feliz desfilando com sua linda pistola prateada.
Todos os fatos aqui citados são de dominio público, o único que não ouví na mídia foi o do bornal, um vendedor de cidade vizinha contou-me. Mas isso não me conforta nem um pouquinho, pois um garoto "iniputável", com dezessete anos, controlava um mercadinho de produtos impróprio para menores, digo impróprio para todos, não sei como dizer, já que a criança é menor, mas vou arriscar. Vendia drogas de todos os tipos e gosto do freguês.
Nesse momento a TV mostra uma velhinha, que já tem tres passagens pela polícia por tráfico de drogas. Ela declarou que nunca vendeu drogas só vendia "pedras". Disse também que quando voltar da prisão vai decidir se continua vendendo ou muda de profissão, pois quer fazer uma casa.
Fiquei pensando, por que não fazer a casa de "pedras", assim não seria presa e não precisaria comprar tijolos ao preço que está.
Agora estou melhor, escrever é o melhor analgésico para "sensação extlania".

Um comentário:

  1. As idéias aqui expressadas relatam verdadeiramente um ensaio parcial do que se passa em nosso mundo.As pessoas nos surpreendem cada vez mais pela sua perspicácia em relação às coisas que desagradam e nos afastam de Deus.Contará sempre com a minha visitinha por aqui viu?

    ResponderExcluir